Jornalismo de impacto é feito pela quebrada

No dia 13 de janeiro de 2017, Wilson Alberto Rosa – homem negro e pobre e da periferia de São Paulo – foi preso pela polícia injustamente, acusado de ter roubado um tablet. O Inquérito Policial afirmava que a vítima teria recebido a foto de Wilson de seu marido, o policial que efetuou a prisão, momentos antes de ir à delegacia reconhecê-lo como autor do crime. Jornalista da Ponte, Kaique Dalapola conta como foram produzidas as denúncias sobre as irregularidades do caso, desde a prisão até a absolvição de Wilson.

Vídeo
Kaique DalapolaKaique Dalapola
Uma viagem de todos pela violência na América Latina
Agência de Narrativas das Periferias