Como cobrir a cidade fora das redações tradicionais

20 de October de 2019 · 15:00 - 16:30

Os desafios de tornar o jornalismo mais democrático e acessível – e por que essa transformação deve ser uma prioridade hoje.

Participants

Mediador

Maria Teresa Cruz

Ponte Jornalismo

Jornalista da Ponte Jornalismo. Já passou por redações da Editora Globo, Grupo Lance! e Grupo Bandeirantes de Comunicação e pela Rádio Brasil Atual. Foi educadora na Escola de Notícias, projeto de jornalismo comunitário no Campo Limpo. Trabalhou com ativação de projetos artísticos em comunidades.

Participante

Darryl Holliday

City Bureau (Chicago)

Darryl Holliday é jornalista e organizador de mídia baseado em Chicago. Ele é o cofundador e diretor do News Lab do City Bureau, um laboratório de jornalismo cívico baseado no lado sul de Chicago.

Participante

Raull Santiago

Coletivo Papo Reto

Integrante dos coletivos Papo Reto e Movimentos, é comunicador independente, empreendedor social, ativista, produtor de reportagens e integrante da assembleia de membros da Anistia Internacional do Brasil.

Participante

Elvira Lobato

Repórter

Jornalista, formada pela UFRJ, atuou na imprensa escrita por 39 anos, 27 deles na “Folha de S. Paulo”, onde fez parte do núcleo de repórteres especiais de 1992 a 2011, quando se aposentou do jornalismo diário para se dedicar a projetos pessoais. Recebeu, entre outros, o Prêmio Esso de Jornalismo, em 2008, pela reportagem sobre o patrimônio dos dirigentes da Igreja Universal do Reino de Deus. Em janeiro de 2016, publicou a reportagem “TVs da Amazônia Legal-Realidade que o Brasil Desconhece”. É co-fundadora do projeto multimídia Mulheres 50+.