Crescimento, engajamento e relevância: o que vale no diálogo com a audiência

20 de October de 2019 · 10:00 - 11:30

Crescer é um desafio para um veículo de qualquer tamanho, seja grande ou pequeno. São muitas as formas de mudar a relação com a audiência. Quais são as estratégias? O que de fato engaja os leitores? O que converte? A mesa vai discutir esta que é uma das questões mais relevantes do jornalismo atual.

Participants

Mediadora

Marina Menezes

Nexo

Marina Menezes é editora executiva do Nexo. É formada em direito pela USP e fez ciências sociais na mesma universidade. Trabalhou no Ilanud Brasil, no Fórum Brasileiro de Segurança Pública e no International Centre for the Prevention of Crime, em Montreal, no Canadá, com pesquisa e assistência técnica em projetos de intervenção antes de trabalhar com jornalismo. No Nexo ela cuida da editoria de infografia e da área de novos projetos e produtos.

Participante

Millie Tran

The New York Times

Editora de plataformas no New York Times, onde lidera a equipe que gere como o veículo lida com a cobertura e distribuição de seus conteúdos através das diferentes plataformas. Anteriormente, foi Editora de Crescimento Global no mesmo local, responsável pelo crescimento da audiência internacional.

Participante

Danisbel Gómez Morillo

Efecto Cocuyo

Diretora de Estratégia do Efecto Cocuyo, meio de comunicação dirigido por mulheres venezuelanas que apostam no empreendedorismo. Desde 2009 trabalha desenhando estratégias de audiências e meios digitais em suas diferentes plataformas e formatos. Tem experiência com gestão de processos, integração de redações, relacionamento com o público e gestão de meios digitais e redes sociais. Fez parte da equipe que liderou o projeto de integração multimídia de Cadena Capriles. Coordena os Encuentros Cocuyo con Guayoyo, espaços de interação para fazer jornalismo com a população. Dirige o programa Festival Cocuyo, evento de comunicação e inovação.

Participante

Ana Freitas

New Content

Ana Freitas é jornalista e cobre cultura digital, sociedade e comportamento desde 2007. Participou do surgimento do jornalismo de comportamento digital no Brasil, no caderno Link, do Estadão, e tem passagens por veículos como Galileu, Superinteressante, VIP, youPIX, Vice, Folha e Nexo. Se aprofundou em estratégia de conteúdo e posicionamento digital para marcas e em análise de dados e business intelligence, especialmente orientados para comportamento de consumo de conteúdo. Hoje, é Head de Audience Insights da Accenture Interactive no Brasil.