Diversidade
Oficina

A pauta como lugar de posicionamento, reflexão e re-humanização

Como encarar a pauta além de uma perspectiva pragmática e instrumental? Que caminhos precisam ser adotados, desde o início, para uma produção jornalística que procure superar estereótipos e o senso comum? Fabiana Moraes está escrevendo um livro sobre pauta e ativismo, que será lançado neste primeiro semestre pela Arquipélago Editorial. A obra traz uma reflexão teórica e prática sobre a produção da notícia a partir de questões como colonialidade, objetividade e valor-notícia.

Convidados

Fabiana Moraes

Entrevistada

Fabiana Moraes é jornalista, escritora, professora e pesquisadora do Núcleo de Design e Comunicação da UFPE (NDC/UFPE). Colunista do The Intercept Brasil. Doutora em sociologia, Fabiana foi repórter especial do Jornal do Commercio, vencedora de três prêmios Esso. Lançou cinco livros, entre eles Os Sertões (Cepe, 2010) e O Nascimento de Joicy (Arquipélago Editorial, 2015). Tem pesquisas acadêmicas voltadas para a questão da análise sobre pobreza e da celebrificação do cotidiano, e estuda a relação entre jornalismo, colonialidade, ativismo e subjetividade.

Laércio Portela

Entrevistador

Laércio Portela é editor e cofundador da Marco Zero Conteúdo. Foi repórter de Cidades do Jornal do Commercio; repórter, colunista e editor de Política do Diário de Pernambuco. Coordenou a área de comunicação social do Ministério da Saúde. Foi diretor de mídia regional e secretário-adjunto de imprensa da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. Coautor do livro e da série de TV “Vulneráveis” e dos documentários “Bora Ocupar” e “Território Suape”.

Patrocinadores

Skip to content